Fala de Lula sobre BC e meta de inflação preocupa empresários aliados do presidente

Fala de Lula sobre BC e meta de inflação preocupa empresários aliados do presidente

Read Time:2 Minute, 27 Second

A fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, classificando como “bobagem” a autonomia por lei do Banco Central e criticando a meta de inflação, gerou preocupação entre empresários e economistas aliados do petista.

Comentando reservadamente as declarações de Lula, eles dizem compartilhar do foco social do presidente, mas avaliam que o caminho sinalizado na economia pode comprometer as propostas do governo.

Em entrevista à comentarista Natuza Nery, Lula sugeriu que a meta de inflação de 3,7%, na verdade é de 3,25%, prejudica o crescimento da economia e faz o Banco Central subir mais os juros.

O presidente defendeu uma meta de 4,5%, como foi nos seus governos, indicando que pode defender a mudança da meta para o próximo ano para esse patamar.

Um economista disse ao blog que Lula está no rumo certo ao focar na área social, mas erra ao defender um discurso velho do PT de criticar o pagamento de juros da dívida pública.

Ele destacou que o pagamento de juros, criticado pelo presidente, é elevado porque o governo federal sempre gasta mais do que arrecada e precisa se endividar para bancar seus gastos.

O caminho, destaca um empresário, é exatamente controlar as contas públicas, reduzir os gastos, para reduzir o pagamento de juros e ter mais recursos para investir na área social.

Ele teme que Lula insista nesse discurso, abrindo mão se for necessário do ajuste fiscal para bancar seus programas sociais. O resultado será, no médio prazo, mais inflação e menos crescimento.

Ontem, o mercado já havia reagido mal às declarações de Lula após reunião com sindicalistas, quando ele falou em garantir uma faixa de isenção do Imposto de Renda para quem ganha até R$ 5 mil.

A medida foi uma promessa de campanha, só que ela representa uma perda de receita R$ 110 bilhões por ano para o governo.

Economistas questionam de onde o governo vai tirar tanto dinheiro para financiar a medida, que social e politicamente está correta, mas dificilmente seria viável economicamente.

Nesta quinta (19), o mercado deve seguir de mau humor em relação às falas de Lula, já que a entrevista foi divulgada depois do fechamento dos negócios, na quarta (18).

O principal temor dos economistas é o presidente tirar toda a credibilidade da equipe econômica comandada por Fernando Haddad. Um economista disse que, neste momento, enquanto Haddad tenta ganhar credibilidade, Lula parece jogar contra seu ministro da Fazenda.

Leia também:

Lula vai a Washington no dia 10 de fevereiro para reunião com Biden

MPF pede informações à Aneel sobre torres de energia derrubadas

Anderson Torres fica em silêncio durante depoimento à PF, em Brasília

Moraes cita ‘conduta gravíssima’ e mantém 140 presos por ligação com atos de terror em Brasília

Lula reúne centrais sindicais e anuncia grupo de trabalho para debater valor do salário mínimo

Ministro dos Transportes prevê concluir 861 km de rodovias até abril e retomar outros 670 km em obras

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula vai a Washington no dia 10 de fevereiro para reunião com Biden Previous post Lula vai a Washington no dia 10 de fevereiro para reunião com Biden
STJ analisa, após recesso, ação do PT que pede retratação a Romeu Zema depois de declarações sobre ataques em Brasília Next post STJ analisa, após recesso, ação do PT que pede retratação a Romeu Zema depois de declarações sobre ataques em Brasília
Copyright © 2023 wordpress testing. Background. Spa oplevelse i hornum? se de bedste spa oplevelser i hornum.